Submissões

Obs: Para participar das atividades do CIIERD é preciso ter pago a inscrição e a inscrição confirmada no evento. Após isso, o participante deverá acessar a ÁREA DO PARTICIPANTE e acessar a aba ATIVIDADES.

Normas para Elaboração dos Resumos Expandidos - I CIIERD

Informações gerais:

  • O período de submissão dos trabalhos é do dia 16 de setembro até 15 de outubro de 2017; exclusivamente através da área do participante que está disponível no menu principal do site do evento;

  • Cada inscrição no evento permite o envio de no máximo um trabalho, podendo o primeiro autor participar de outros trabalhos como coautor; no entanto, o número de pessoas participantes não poderá ultrapassar o total de sete (07) (incluindo o autor principal) por trabalho submetido.

  • No momento da submissão do resumo o primeiro autor deverá estar com a inscrição paga e confirmada no evento;

  • Cada inscrição dará direito à submissão de apenas 01 (um) trabalho;

  • À Comissão Técnico-Científica escolherá para apresentação oral apenas os trabalhos mais relevantes com qualidade considerada satisfatória; os trabalhos submetidos que não forem selecionados para esta modalidade poderão ser indicados para outra modalidade e/ou área temática ou serem indeferidos;

  • Somente serão aceitos os arquivos no formato de extensão “.pdf”;

  • No ato da submissão do trabalho, serão enviados dois arquivos, sendo um sem identificação, nome do(s) autor(es), instituição e afins, e outro completo. O arquivo em .pdf (sem identificação) será enviado aos revisores para análise garantindo a isonomia durante o processo avaliativo.

  • Só serão emitidos certificados para os trabalhos devidamente apresentados durante o evento.

    TODAS AS NORMAS PARA SUBMISSÃO ESTÃO NO BOTÃO ABAIXO:

Áreas Temáticas:

O Congresso está organizado em áreas temáticas. Os autores devem indicar no ato da submissão a área temática onde deseja que seu trabalho seja avaliado. A divisão em área temática tem o objetivo de facilitar o agrupamento dos trabalhos selecionados, segundo suas especificidades, o que possibilitará a melhor organização da avaliação, apresentação e o debate mais construtivo e rico entre os participantes do I CIIERD. A decisão final sobre o agrupamento dos trabalhos em modalidade e/ou área temática caberá à Comissão Técnico-Científica. As áreas temáticas estão listadas a seguir.

  • GT1: AGRICULTURA URBANA/PERIURBANA, AGROECOLOGIA E SEGURANÇA ALIMENTAR: EXPERIÊNCIAS, RURALIDADES, AGROECOSSISTEMAS E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

  • GT2: AUTO SUSTENTABILIDADE DE GRUPOS ÉTNICOS AFRO-BRASILEIROS

  • GT3: COMUNIDADES TRADICIONAIS E GRUPOS ÉTNICOS: PROCESSOS POLÍTICOS, ARRANJOS SOCIAIS E DINAMICAS IDENTITÁRIAS NO CAMPO

  • GT4: LINGUAGENS VISUAIS E PRODUÇÕES CULTURAIS

  • GT5: NOVAS RURALIDADES E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

  • GT6: PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERAPIA: DO CULTIVO AO MEDICAMENTO FITOTERÁPICO

  • GT7: A EXTENSÃO RURAL E AS METODOLOGIAS PARTICIPATIVAS

  • GT8: CAMPO INCLUSIVO? PENSANDO A INCLUSÃO SOCIAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NA COMUNIDADE RURAL

  • GT9: DROGAS, CULTURA E SOCIEDADE – USOS, SIGNIFICADOS, ABUSOS, ATENÇÃO, PREVENÇÃO E CUIDADO NO MEIO RURAL

  • GT10: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE RURAL

  • GT11: EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO NA AGRICULTURA FAMILIAR

  • GT12: EXPRESSÃO DO MAR E DA TERRA EM REGIÕES SEMIÁRIDAS

  • GT13: FEMINISMO E ORGANIZAÇÃO MATERIAL DA VIDA EM COMUNIDADES RURAIS

  • GT14: PRODUÇÃO DE RUMINANTES EM SISTEMAS SEMIÁRIDOS

  • GT15: LINGUAGENS E PERSPECTIVAS PEDAGÓGICAS PARA PENSAR OS POVOS INDÍGENAS NO SERTÃO NORDESTINO

  • GT16: PESQUISAS-AÇÕES E PROCESSOS DE INOVAÇÃO SOCIAL EM TORNO DA EDUCAÇÃO DO CAMPO, AGROECOLOGIA E ECONOMIA SOLIDÁRIA

  • GT17: SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA NO MEIO RURAL: UMA DISCUSSÃO URGENTE

  • GT18: SINDICATOS RURAIS E DESENVOLVIMENTO

  • GT19: AGROECOLOGIA E ANCESTRALIDADE: UM OLHAR SOBRE A EDUCAÇÃO DO CAMPO

  • GT20: EDUCAÇÃO DO CAMPO, EDUCAÇÃO CONTEXTUALIZADA E INCLUSÃO DIGITAL: CONSISTÊNCIAS E FRAGILIDADES NO EMPODERAMENTO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE VUNERABILIDADE SOCIAIL

  • GT21: ESTADO, POLÍTICAS PÚBLICAS E RESISTÊNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR

  • GT22: EXTENSÃO RURAL AGROECOLOGICA

  • GT23: FEMINISMO E RURALIDADES: CONFLITOS E TRANSFORMAÇÕES DO MUNDO RURAL

  • GT24: SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE ALIMENTOS VOLTADOS PARA A AGRICULTURA FAMILIAR

FORMATO DE SUBMISSÃO DE RESUMOS EXPANDIDOS

TRABALHOS CIENTÍFICOS :

Serão considerados TRABALHOS CIENTÍFICOS, resumos expandidos contendo resultados de pesquisas e estudos ou ensaios teóricos inovadores.

O documento para submissão deverá ser gravado no formato: PDF.  O texto completo deve conter no máximo 5 páginas, com espaçamento simples entre linhas e alinhamento justificado, sem recuo, com fonte Arial 12. O texto deve ser formatado com as seguintes dimensões: tamanho de papel A4 (210 x 297 mm), margens superior, inferior, esquerda e direita de 25mm. No texto, deixe um espaço entre os parágrafos, não use tabulação, não inclua cabeçalho e nem rodapé.

O título do trabalho deverá ser digitado com apenas a primeira letra em caixa alta, centralizado, fonte Arial 12 e em negrito. Em espaço simples abaixo digitar o título em inglês, com somente a primeira letra em caixa alta, centralizado, fonte Arial 12 e em itálico.

Utilizar espaço 1,5 e acrescentar os autores, fonte Arial 12, comece com o sobrenome em caixa alta. A instituição de vinculação, o endereço e correio eletrônico, deverão ser apresentados, imediatamente abaixo dos nomes dos autores, com espaço simples entre os autores e as mesmas, fonte Arial 10. Utilizar chamada numérica crescente sobrescrita para indicação das informações dos(as) respectivos(as) autores(as). Se os autores forem da mesma instituição, não utilizar chamada numérica.

Em seguida deve ser informada a Área Temática, Arial 12 em negrito.

RELATOS DE EXPERIÊNCIAS TÉCNICAS:

Serão considerados RELATOS DE EXPERIÊNCIAS TÉCNICAS os trabalhos que descrevem projetos e ou ações desenvolvidas por instituições de ensino, pesquisa ou extensão, em parceria com a sociedade civil, de forma articulada com o Tema Central do I CIIERD (Desafios do Desenvolvimento Rural: resistências, modo de vidas e sustentabilidades). Os relatos não devem se restringir ao aspecto meramente descritivo ou cronológico da experiência, mas fazer uma análise mais profunda e conceitual de sua contribuição para a Extensão Rural e Desenvolvimento. Embora as experiências tenham sempre um caráter local, sua importância, ensinamentos, assim como suas bases e princípios, deverão apresentar caráter universal.

O documento para submissão deverá ser gravado no formato: PDF. O texto completo deve conter no máximo 5 páginas, com espaçamento simples entre linhas e alinhamento justificado, sem recuo, com fonte Arial 12. O texto deve ser formatado com as seguintes dimensões: Tamanho de papel A4 (210 x 297 mm), margens superior, inferior, esquerda e direita de 25mm. Deixe um espaço entre os parágrafos, não use tabulação, não inclua cabeçalho e nem rodapé.

 O título do Relato deverá ser digitado com apenas a primeira letra em caixa alta, centralizado, fonte Arial 12 e em negrito. Um espaço simples abaixo digitar o título em inglês, com somente a primeira letra em caixa alta, centralizado, fonte Arial 12 e em itálico.

Utilizar espaço 1,5 e acrescentar os autores, fonte Arial 12, comece com o sobrenome em caixa alta. Serão aceitos no máximo 7 (sete) autores, ou seja, o autor principal e mais seis co-autores. Demais colaboradores devem ser inseridos nos Agradecimentos.

A instituição de vinculação, o endereço e correio eletrônico, deverão ser apresentados, imediatamente abaixo dos nomes dos autores, com espaço simples entre os autores e as mesmas, fonte Arial 10. Utilizar chamada numérica crescente sobrescrita para indicação das informações dos(as) respectivos(as) autores(as). Se os autores forem da mesma instituição, não utilizar chamada numérica.

Em seguida deve ser informado o tema gerador, Arial 12 em negrito.

O Relato de Experiência deverá conter, no máximo, 5 (cinco) páginas, bibliografia citada (quando houver) e obedecendo à sequência: Título, Autores(as), Informações dos(as) Autores(as), Área Temática, Resumo, Palavras-chave, Abstract, Keywords, Contexto, Descrição da Experiência, Resultados, Agradecimentos e Bibliografia Citada (se houver). Os títulos dos itens deverão ser digitados em negrito, alinhados à esquerda, com os textos justificados e separados por um espaço.

RELATO DE EXPERIÊNCIA POPULAR:

A modalidade RELATO DE EXPERIÊNCIA POPULAR trata-se de experiência relatada e apresentada pelos próprios AGRICULTORES, AGRICULTORAS, COMUNIDADES E POVOS TRADICIONAIS OU ORGANIZAÇÕES SOCIAIS. Os resumos terão um formato mais simplificado. Espera-se que esse relato também apresente uma vivência contextualizada contemplando temas ligados à extensão rural, aos processos de comunicação, as abordagens participativas nos domínios de produção agropecuária, educação, saúde, gênero, etnia, classe e outros temas do cotidiano da vida rural.

  • Linguagem a ser utilizada pode ser coloquial.

  • Termos regionais podem ser explicados (entre parênteses, logo após sua citação no texto).

  • As experiências poderão ser apresentadas de forma oral ou em pôster, cabendo à comissão técnico-científica decidir.

  • Na apresentação oral, o(a) apresentador(a) agricultor(a) ou membro de comunidades e/ou de povos tradicionais ou de organizações sociais deve estar inscrito como tal no Congresso (exemplo, estudante agricultor, tem que estar inscrito como agricultor).

  • O texto nesta categoria poderá ser somente na língua portuguesa e deverá ser submetido no formato: PDF. O texto completo deve conter no máximo 5 páginas, com espaçamento simples entre linhas e alinhamento justificado, sem recuo, com fonte Arial 12. O texto deve ser formatado com as seguintes dimensões: Tamanho de papel A4 (210 x 297 mm), margens superior, inferior, esquerda e direita de 25mm. No texto deixe um espaço entre os parágrafos, não use tabulação, não inclua cabeçalho e nem rodapé em seu artigo. Recomendamos que as fotos e figuras estejam ajustadas para exibição em tamanho de 300 dpi.

  • Para facilitar a formatação, use o modelo de Relato de Experiências Populares publicado no site do evento. Abra o link e comece a trabalhar no próprio modelo, salvando o arquivo no seu computador.

  • O modelo apresentado serve apenas de referência, podendo os agricultores, agricultoras e povos e membros de comunidades trabalharem com qualquer assunto/questão que desejarem, desde que compatível com as áreas temáticas do evento e apresentando experiências e vivências que contribuam para a divulgação da importância da Extensão Rural e o Desenvolvimento.

Copyright © 2017 | I Congresso Internacional Interdisciplinar em Extensão Rural e Desenvolvimento | Todos os direitos reservados